Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

terça-feira, 23 de agosto de 2016

CESURG utiliza a gamificação como método de ensino e aprendizagem


Atividade de pesquisa chamou a atenção dos alunos Foi realizado no dia 18 de agosto no CESURG, unidade de Marau, uma pesquisa sobre Inovação em Ensino do acadêmico Gláuber Guilherme Signori, Mestrando em Administração pela Faculdade Meridional (IMED). A pesquisa tem como objetivo geral analisar a relação entre gamificação, inovação, ensino e aprendizagem, de modo a investigar se a gamificação se revela capaz de levar a inovação/aprendizagem. Gláuber ressalta que a pesquisa possui o intuito de aliar a aplicação do método de ensino inovador baseado na gamificação ao ensino e a aprendizagem.
Na ocasião, foi realizado um experimento envolvendo os acadêmicos dos cursos de Contabilidade e Engenharia da Produção. Os estudantes tiveram a oportunidade de participar de uma aula inovadora com o método de ensino gamificado e uma aula com o método de ensino tradicional (aula expositiva).
As simulações, os jogos e outras formas de aprendizagem baseadas em experiências representam uma alternativa atraente e inovadora para ministrar aulas tradicionais. Aliar características da gamificação, como a inserção de dinâmicas, desafios, recompensas, competição e interatividade, pode ser considerada uma alternativa interessante para a comunicação dos professores com seus alunos.
A gamificação pode ser definida ao fazer uso de elementos dos jogos, como desafios, pontos, competição, recompensas, quadro de líderes, entre outros, em um contexto de não jogo visando engajar e motivar os participantes na realização de determinada atividade. Em sua pesquisa, o acadêmico incorpora a este cenário a Taxonomia proposta por Bloom, sendo esta considerada um instrumento que harmoniza a identificação e a declaração dos objetivos ligados ao desenvolvimento cognitivo no que se refere à conquista de conhecimento, competências e atitudes, descomplicando o planejamento do processo de ensino e aprendizagem no Ensino Superior.


Fonte:CESURG

Nenhum comentário:

Postar um comentário