Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

terça-feira, 19 de abril de 2016

Nota Marcon sobre o processo de impeachment

Hoje (18) um dia após a votação do impeachment, começa a cair a máscara dos golpistas, que não tem ética nem moral para julgar a presidenta Dilma, uma mulher honesta, que foi torturada na Ditadura Militar para defender a democracia – esta que ontem foi roubada do povo brasileiro. Entre tantos que ontem posaram de moralistas, cito como exemplo a deputada Raquel Muniz (PSD/MG) que dedicou seu voto pelo impeachment ao marido, Ruy Muniz, prefeito de Montes Claros, como exemplo do “Brasil que dá certo”, e hoje foi preso, acusado de desvios em recursos da saúde do município. Assim como ela, esperamos que caia a máscara de Cunha - o maior gângster desse Congresso - de Temer e de todos os bandidos que se uniram a ele. Espero que depois de ontem, os brasileiros que não se interessam por política usando a justificativa de que “todos os políticos são iguais”, tenham aprendido a lição. Por fim, queridos companheiros e companheiras, sabemos que a luta contra a injustiça, a ignorância e a opressão é longa. Convido o povo brasileiro a permanecer nas ruas. Eduardo Cunha transformou essa legislatura num tribunal de exceção. Não vamos nos conformar com uma sociedade injusta. A única luta que perdemos, é àquela que abandonamos. Um grande abraço a todos e todas! Atenciosamente, Marci Hences Jornalista DRT 17021 Assessora de Imprensa Deputado Federal Marcon (PT/RS) (61) 9877- 2185

Nenhum comentário:

Postar um comentário