Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

domingo, 10 de abril de 2016

Banrisul nota sobre impeachment causa polêmica

Um boletim distribuído a clientes do Banrisul provocou mal-estar entre petistas do RS ao informar que a possibilidade de interrupção do mandato da presidente Dilma Rousseff cria atualmente um ambiente positivo para os negócios no Brasil. O texto consta em informativo que é distribuído mensalmente por e-mail a um grupo de clientes específico que têm investimentos com o banco. “A cena política segue determinando o clima dos negócios. Desta vez, contudo, instalando um tom positivo frente ao avanço das investigações no âmbito da Operação Lava Jato e ao aumento das chances de uma interrupção do mandato presidencial”, diz trecho destacado na capa do informativo. Consultado nesta quinta-feira, o Banrisul informou que, como acontece em outras instituições financeiras, o banco também se assessora de consultorias econômicas, das quais recebe informações e visões de mercado. No caso em questão, o banco replicou conteúdo recebido. O Banrisul lamentou, por nota, o mal-entendido e ressaltou que “não se envolve em política”. Petistas criticaram a conduta do banco. A bancada do PT na Assembleia cogita agora adotar medidas jurídicas para questionar o governador, José Ivo Sartori (PMDB), sobre o assunto. O deputado estadual Adão Villaverde (PT) postou a capa do boletim nas redes sociais e pediu explicações tanto para Sartori quanto para o secretário da Fazenda, Giovani Feltes. A iniciativa do banco, no entanto, foi objeto de elogios no Palácio Piratini, que propagou a mensagem do Banrisul por mensagens eletrônica aos integrantes da base aliada. “Considero desnecessário. Dá munição para a oposição. Poderia ter sido evitado isso”, comentou o deputado Enio Bacci (PDT). Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário