Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Atendimento imediato aumenta a chance de sobreviver a uma parada cardiorrespiratória


Milhares de pessoas morrem todos os dias no mundo, vitimas de problemas cardíaco, no Brasil esse número chega a 160 mil por ano. Os mais comuns são as paradas cardíacas ou Parada Cardiorespiratórias – PCR, e ataques cardíacos. Todas estas necessitam de atendimento imediato, uma vez que cada segundo perdido significa risco de morte.

A parada cardíaca, ou cardiorespiratória, é uma condição na qual o coração pára de bater subitamente e inesperadamente. Quando isso acontece, o sangue pára de fluir para o cérebro e outros órgãos vitais.

Após uma PCR o indivíduo perde a consciência em cerca de 10 a 15 segundos devido à parada de circulação sanguínea cerebral. Caso não haja retorno à circulação espontânea e o paciente não seja submetido a ressuscitação cardiopulmonar, a lesão cerebral começa a ocorrer em cerca de 3 minutos e após 10 minutos de ausência de circulação as chances de ressuscitação são próximas a zero.


Comunitária  97.9 FM
Frederico Westphalen

Nenhum comentário:

Postar um comentário