Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

MAIS DE DUAS MIL PESSOAS VISITARAM A 2ª FESTA DA UVA QUE FOI REALIZADA NOS DIAS 10 E 11 DE DEZEMBRO DE 2011.


  Nos dias 10 e 11 de Dezembro de 2011 foi realizada a 2ª Festa da uva na comunidade da Linha Cabriúva município de Alpestre. Durante os dois dias da festa mais de duas mil pessoas passaram e visitaram a comunidade.
A atividade da uva começou nos anos 90 em nosso município com ás variedades niagra rosa, branca e Venus. Atualmente há também, outras variedades como, bordo, concord, alwood, cabernet, moscato, Siebel, rubea  entre outras, mas a maioria das uvas produzidas são ás inaturas ( Venus e niagras ).O produto aqui produzido é o mais cedo comercializado, pois aqui são produzidas ás primeiras uvas da região, essas vendidas aqui no estado do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e este ano com compradores do norte do Brasil.
   Hoje a nível Municipal há em torno de 200 hectares de parreirais, envolvendo aproximadamente 180 produtores de uva, com uma estimativa de produção para este ano de 3.500 toneladas, um retorno estimado para os produtores de R$ 4.500.000,00 pelos preços previstos. A 2ª Festa da uva teve como intuito divulgar ainda mais a produção de uva na região, vendo das possibilidades futuras de organizar e comercializar a uva mais diretamente com o consumidor, por que nos dias de hoje basicamente o produto é comprado por terceiros nas propriedades, como existe aqui uma associação já se tem, um canal inicial para iniciar a discussão com os demais órgãos municipais e estaduais, e buscar alternativas de comercialização e escoamento do produto para centros consumidores e assim o agricultor que tem a matéria prima, poder discutir e realizar a comercialização conjunta e obter retornos econômicos mais satisfatórios da produção de uva na comunidade. Os produtores de uva da Linha Cabriúva de Alpestre lançam desafios para os próximos anos.

www.alpestrefm.com.br

Rádio Comunitária Alpestre

Nenhum comentário:

Postar um comentário