Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

quarta-feira, 9 de março de 2011

Vagas para qualificação profissional no Rio Grande do Sul chegam a 2,7 mil

partir de abril, estarão abertas aproximadamente 2,7 mil vagas para cursos profissionalizantes gratuitos do Plano Territorial de Qualificação Profissional (Planteq 2010), em 47 municípios gaúchos. O investimento será da ordem de R$ 1,5 milhão do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e R$ 395 mil do Tesouro do Estado. No Rio Grande do Sul, a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), vinculada à Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social, será a responsável pela administração do recurso, executando e coordenando as aulas e o convênio que o Governo do Estado mantém com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Uma licitação via pregão eletrônico foi realizada, na última semana, para a seleção das empresas executoras dos cursos. "Antes da contratação, as selecionadas têm prazo para apresentação da documentação exigida e recursos", destacou o presidente da FGTAS, Heitor Gularte. Participaram do processo empresas ou instituições sem fins lucrativos, com experiência na área de qualificação e com habilitação junto à Central de Compras do Estado (Cecom).

Ao todo, serão 127 turmas, com cursos definidos pelas Comissões Municipais de Emprego, nas áreas de: informática, operador de máquina e implementos agrícolas, vitivinicultura, assentador de azulejos e pisos cerâmicos, aproveitamento de alimentos, eletricista de instalações prediais, técnicas de vendas, pintor de obras, açougueiro retalhador, instalador hidráulico predial, pedreiro, montador de móveis, operador de torno mecânico, soldador, gesseiro, metrologia, mecânico de injeção eletrônica, montagem e manutenção de computadores.

Também haverá curso para cabeleireiro, manicure e pedicure, vitrinista, recepcionista, marceneiro, assistente administrativo, plasticultura, carpinteiro, costura industrial, serigrafia e offset, costurador de calçados, padeiro/confeiteiro, leitura e interpretação de desenho técnico, almoxarife, frentista, cozinheiro, ferreiro armador, matização de acabamento e fulão, cortador/costurador de calçados, operador de retroescavadeira, jardineiro, empregada doméstica e serralheiro. A carga horária ficará entre 80 e 360 horas/aulas com prazo de encerramento até junho.

O período de inscrições, nas agências FGTAS/Sine dos municípios contemplados com a qualificação, será divulgado por meio da imprensa local nas seguintes cidades: Alvorada, Bagé, Bento Gonçalves, Caçapava do Sul, Cachoeirinha, Camaquã, Candelária, Canela, Canguçú, Carazinho, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Estância Velha, Frederico Westphalen, Garibaldi, Gravataí, Guaíba, Igrejinha, Ijuí, Itaqui, Novo Hamburgo, Osório, Palmeira das Missões, Panambi, Parobé, Pelotas, Rio Grande, Rosário do Sul, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santana do Livramento, Santiago, Santo Ângelo, Santo Antônio da Patrulha, São Borja, São Gabriel, São Leopoldo, São Lourenço do Sul, Sapiranga, Sapucaia do Sul, Soledade, Taquara, Uruguaiana, Vacaria e Venâncio Aires.

Em breve, haverá também licitação para a contratação das entidades que irão ministrar cursos de formação profissional para 200 artesãos, 261 pessoas com deficiência, 164 jovens que cumprem medida socioeducativa na Fundação de Atendimento Socioeducativo do Estado (Fase).

fonte: Portal do estado RS

Postado: Radio Comunitaria 104.9 Novo Barreiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário