Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

quinta-feira, 17 de março de 2011

CRIADA A SUB-COMISSÃO PERMANENTE PRA ANALISAR O ENDIVIDAMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR

Sob a iniciativa do deputado federal Marcon (PT-RS), foi levada a público, no último dia 16 de março, a proposta de criação da Sub-comissão Permanente do endividamento da agricultura familiar, dentro da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural – CAPADR.

A iniciativa se deu diante da constatação de que nos últimos 15 anos, o tema passou a ser um item permanente junto aos setores da agropecuária no Congresso Nacional, somando 14 leis e centenas de resoluções e decretos.

Para Marcon, a renegociação das dívidas agrícolas levou os agricultores ao limite de endividamento tal que os agricultores familiares e da reforma agrária não possuem condições de quitar suas dívidas. Segundo o deputado gaúcho é necessário encontrar um meio de desonerar os agricultores e as finanças públicas para que os produtores rurais não cheguem ao ponto de perder suas terras.

SONORA MARCON...
http://www.radiotube.org.br/detalhes.php?id=5847&opt=11&ord=0&crt=&us=1943&cm=

Um dado relevante vem da Secretaria do Tesouro Nacional, considerando as renegociações desde 1995, ano que iniciaram as renegociações das dívidas agrícolas, até maio de 2011, já saíram dos cofres públicos R$ 32,1 bilhões como subsídio.

Além disso, a renegociação das dívidas gerou um mercado paralelo de serviços, prestados por escritórios empresas jurídicas especializados nesta questão, explorando ainda mais os endividados.

A proposta de Marcon é apoiada por outros 28 deputados membros da Comissão, que concordam que o tema do endividamento e renegociação das dívidas agrícolas deve ter um espaço específico para ser debatido.

Rádio Comunitária FM 97.9
Frederico Westphalen
www.comunitaria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário