Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

EM DECISÃO INÉDITA NO ESTADO, JUIZ DE TRÊS PASSOS É DEMITIDO POR CONDUTA IMPRÓPRIA

Uma decisão inédita no Judiciário gaúcho levou à demissão o juiz Marcelo Colombelli Mezzomo, da Comarca de Três Passos, nesta segunda-feira, 07. Mezzomo estava afastado das atividades desde julho de 2010 e respondia a um processo administrativo disciplinar por conduta incompatível às funções de magistrado.

O processo teve início em maio do ano passado, a partir de um registro na delegacia de polícia de Três Passos. A dona de uma sorveteria afirmou que o juiz teria se dirigido à sua nora com "comentários e elogios impróprios" e com "comportamento visivelmente alterado", nas primeiras horas da manhã do dia 25 de maio de 2010.

O magistrado negou os fatos e afirmou ter dito apenas que a moça era muito bonita. Mesmo assim, o relator do caso, desembargador Luiz Ari Azambuja Ramos, considerou coerente a versão da proprietária da sorveteria, descartando a possibilidade de que as vítimas fossem "fantasiar uma situação inexistente, mesmo sabendo posteriormente que estavam acusando um Juiz de Direito da Comarca".

O desembargador também considerou o fato de que o juiz Marcelo Colombelli Mezzomo já havia sofrido pena de censura por envolvimento em acidente de trânsito e também respondia a outros processos administrativos por conduta inconveniente.

Mezzomo, que havia sido nomeado em 25 de junho de 2007 teve o vitaliciamento (confirmação no cargo) suspenso, após a decisão unânime do Órgão Especial.


Rádio Comunitária FM 97.9
Frederico Westphalen
www.comunitaria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário