Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

PESQUISA APONTA QUE AGRICULTURA FAMILIAR SUPERA O AGRO NEGOCIO


A Comissão Pastoral da Terra (CPT), Regional Mato Grosso do Sul, no intuito de dar maior visibilidade à luta dos pequenos produtores e à agricultura familiar camponesa, vem resgatando e divulgando importantes dados estatísticos que colocam em xeque justificativas de produtividade e geração de emprego do agronegócio, que não coincidem com a realidade. De acordo com a entidade, no Mato Grosso do Sul (MS), se faz uma apologia ao agronegócio alicerçado no grande capital financeiro.

Segundo os dados fornecidos para a CPT/MS, os pequenos estabelecimentos do Mato Grosso do Sul que produzem arroz e feijão, foram mais eficientes que as propriedades da agricultura de exportação, de acordo com os dados dos dois últimos censos agropecuários (1995/96 e 2006).

Ou seja, proporcionalmente a pequena unidade com menos 50 ha é quase dez vezes mais eficiente do que a grande unidade, porque acessou R$ 45.606.000, 2,45% de recursos públicos e respondeu por R$ 434.460.000, 12,19% do valor de produção agropecuária. Enquanto que a grande unidade que acessou quase um Trilão e meio de reais, 78,97%, respondeu por 51,17%. É mais um dado do IBGE a confirmar a eficiência da pequena unidade de produção.

Rádio Comunitária FM 97.9
Frederico Westphalen
www.comunitaria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário