Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

MÉDICOS DO HDP SÓ VOLTAM A ATENDER QUANDO OS ATRASADOS FOREM PAGOS

Médicos que realizam o plantão de urgência e emergência e o sobreaviso de especialidades no Hospital Divina Providência, em Frederico Westphalen, só voltarão a atender depois que for regularizado o pagamento de aumento acertado em 2009 com o hospital. A parcela deixou de ser paga pela direção do estabelecimento nos últimos quatro meses.

A decisão foi tomada em assembleia da categoria ocorrida na terça-feira (10) na cidade e que teve acompanhamento do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS). Os profissionais estão paralisados desde o dia 5.

No início do ano passado, o hospital enviou proposta que concedia 20% de aumento nos honorários. A oferta foi aceita pelos profissionais, que começaram a receber os valores em dezembro passado. O HDP cumpriu o acordo até abril deste ano. Depois disso, voltou a pagar os honorários sem o reajuste. O montante dos atrasados chega a R$ 40 mil.

O Sindicato esteve na cidade conversando com a administração do hospital, que afirma não ter condições de saldar a dívida em uma única parcela. Também não apresentou proposta de quitação escalonada dos valores. "Estamos cobrando o passado, o trabalho que já foi feito e não foi pago", afirmou o diretor da entidade, dr. Nauro Aguiar.

Comunitaria FM 97.9
Frederico Westphalen

Nenhum comentário:

Postar um comentário